Confira dicas para a compra e venda de imóvel

Já falamos aqui no blog que negociar um lote pode ser um investimento bem vantajoso. Segurança, aumento de patrimônio, valorização do terreno, economia e versatilidade de uso são excelentes motivos para se investir em um loteamento. Fora isso, ainda temos as perspectivas bastante otimistas para o mercado imobiliário em 2019. Confira aqui dicas valiosas para a compra e venda de imóvel.

Compra de lote – Por onde começar?

Se deseja comprar ou vender um imóvel, alguns aspectos são importantes nessa negociação. Tanto para resguardar os direitos do comprador como do vendedor, um passo a passo precisa ser seguido na hora de negociar um lote.

Etapa 1 – A proposta

Para dar início às negociações, é necessário que o comprador apresente a intenção em adquirir o lote por meio de uma proposta de compra. Nesse documento, o interessado no negócio aponta dados como por exemplo, o valor que pagaria pelo imóvel e a forma em que pretende pagar, e apresenta ao proprietário do loteamento.

Outras informações também podem constar na proposta, dentre eles a data de sua validade. Diante disso, o proprietário do terreno pode dar três respostas ao possível comprador, sendo elas o aceite, eu concordo com a proposta; a contraproposta, no qual o vendedor apresenta outros termos para o negócio, e por fim a recusa, onde ele não concorda com o que está sinalizado no documento.

Etapa 2 – O contrato

Após a proposta de compra do imóvel, é hora de analisar o contrato de compra ou venda do loteamento. Leia este documento com bastante atenção e fique atento as suas cláusulas, além disso, rubrique as páginas para mostrar ao vendedor que está ciente dos termos da negociação.

Caso julgue necessário procure algum advogado ou consultoria especializada para analisar o documento, verificar se as cláusulas estão de acordo com a legislação vigente e resguardar um patrimônio, que em breve, será seu.

Ah, e não se esqueça de pagar as taxas inclusas na negociação. A inadimplência poderá ocasionar gastos não previstos com multas e juros. Além disso, você também irá perder os direitos enquanto dono do imóvel.

Etapa 3 – Escritura

A escritura é o documento oficial que legitima o acordo estabelecido entre o comprador e o vendedor depois da assinatura do contrato. Logo, seu objetivo final é oficializar a transferência do lote.

Se a compra do terreno for à vista, o documento deverá ser confeccionado junto ao tabelionato de notas. No entanto, caso haja um financiamento para adquirir o imóvel, o próprio contrato estabelecido com o banco substitui a escritura.

Vale ressaltar que tanto a escritura como o contrato não concretizam de fato o acordo, uma vez que o contrato apenas obriga as partes a honrarem os compromissos determinados e a escritura somente oficializa a transferência. Logo, para não correr riscos, o comprador deve compreender que a propriedade só será sua quando for lavrada no Cartório de Registro de Imóveis.

Qual a documentação necessária para negociar um lote?

Agora que compreendemos qual o passo a passo para comprar ou vender um terreno, precisamos nos atentar a documentação necessária para estabelecer uma boa negociação. Carteira de Identidade, CPF, certidão de nascimento ou casamento (caso seja casado), comprovante de endereço e de renda são os documentos que o comprador deve apresentar.

Por outro lado, o interessado em vender o terreno deve apresentar a seguinte documentação: Certidão de Propriedade do Imóvel, Carnê de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) com tamanho do terreno e valor de venda e histórico do terreno. Além disso, também deve constar entre os documentos, a Certidão Negativa de Débitos solicitada junto a Prefeitura.

Outro fator a ser levado em consideração é o estado civil do vendedor quando adquiriu o terreno. Caso conste na certidão que, no momento da compra do imóvel, estivesse solteiro, mas agora encontra-se casado, uma averbação do casamento deve ser feito no Cartório de Registro de Imóveis para apresentar a certidão de casamento.

Quais vantagens negociar um lote?

Uma das maiores vantagens de negociar um lote é comprá-lo e revendê-lo a um preço mais alto do que adquiriu. A tendência é a valorização do imóvel com o tempo e o desenvolvimento da região em que se encontra com melhorias da infraestrutura local.

O investimento no mercado imobiliário é uma das aplicações mais seguras, além de aumentar a credibilidade do proprietário do imóvel que conseguirá linhas de crédito com maior facilidade, comenta Eduardo Machado Silva Filho, CEO da Lança Urbanismo. Fora que o lote é um patrimônio, e quanto maior o seu patrimônio for, mais crédito terá junto a instituições financeiras e investidores.

Dicas para comprar ou vender um lote?

Ao negociar um lote precisamos nos ater a uma série de fatores, dentre eles a documentação e a uma série de outros procedimentos. Confira abaixo alguns fatores essenciais na hora de comprar ou vender um imóvel.

1) Estude a região onde o terreno está situado e veja as possibilidades de construção no terreno.

2) Busque informações sobre o histórico do terreno e analise toda a documentação para evitar dores de cabeças futuras.

3) Divulgue o terreno para venda. Aqui, vale também aproveitar da tecnologia a seu favor, além de divulgar em sites ou aplicativos especializados em venda de imóvel, divulgue também em redes sociais como o Facebook, Instagram e até mesmo em grupos de Whatsapp.

4) Verifique sempre as condições do terreno e mantenha-o sempre limpo e livre de matos e entulhos. Para isso, faça visitas constantes ao local.

5) Por fim, procure especialistas ou empresas que já façam esse serviço, mas antes de fechar contrato com corretores de imóveis ou imobiliárias, pesquise sobre a empresa (ou profissional) e sua idoneidade.

Agora que já compreendeu como funciona o processo de negociar um lote, comente abaixo se deseja investir em imóveis para compra e revenda. Ah, e não se esqueça de conferir as opções de loteamentos em nosso site. É só clicar aqui!

(Visited 57 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *