7 Benefícios de Morar em Uma Casa com Fachada Verde

Quando pensamos nos grandes centros urbanos é quase impossível afastar da mente a imagem de construções imponentes e formadas de aço, concreto e vidro. No meio dessa gigantesca selva de pedras, a chance de encontrar um espaço verde é pequena, mas quando acontece, traz uma sensação de respiro e plenitude que é incomparável.

Quando encontrar um destes espaços, agradeça ao botânico francês, Patrick Blanc. É ele o responsável por revolucionar e popularizar a técnica de inserir vegetações em paredes e estruturas, sem afetar o desenvolvimento das plantas. Você provavelmente conhece o método pelo nome de jardim vertical ou parede verde.

{Patrick Blanc em sua casa.}

No Brasil, a prática tem ganhado cada vez mais adeptos. Ao trazer o aconchego das plantas, em sua enorme variedade de cores, tamanhos e aromas, para a vida nas metrópoles, os jardins verticais têm causado uma mudança real em ambientes antes caracterizados pela monotonia. Além da mudança visual, a inserção de plantas nas construções também traz vários outros benefícios, alguns bem surpreendentes.

Quer descobrir quais seriam os benefícios de criar ou instalar uma fachada verde em sua casa? Continue lendo.

1 – Diminuição de temperatura

Sofrer com temperaturas elevadas é uma realidade para uma grande parte dos brasileiros. Na maioria das vezes, a solução mais aplicada é lidar com o calor usando aparelhos como ventiladores e condicionadores de ar, mesmo que eles representem gastos maiores. Nesse sentido, as fachadas verdes podem desempenhar o papel de recurso inesperado, porém, funcional. As plantas capturam energia solar e transformam em energia química, em um processo chamado de fotossíntese. Além de garantir alimento para as plantas, esse procedimento também proporciona a diminuição da temperatura dos locais em que elas estão inseridas. Sendo assim, as plantas funcionam como uma barreira para os raios solares. 

2 – Produção de umidade

Também durante a fotossíntese, as plantas se desprendem de parte da água que consomem. Assim, elas conseguem proporcionar mais umidade no ar, atividade que além de diminuir a temperatura do espaço, ajuda na manutenção da saúde de pessoas com problemas respiratórios.   

3 – Diminuição de ruídos 

Além das contribuições para a temperatura do ambiente e umidade do ar, as fachadas verdes também podem contribuir para a diminuição de ruídos. As plantas possuem a surpreendente capacidade de absorver certas ondas sonoras, garantindo um ambiente mais calmo.

Obviamente, o isolamento proporcionado não é comparável ao de materiais voltados para essa função. Contudo, a parcela dos ruídos de baixa frequência que são filtrados fazem a diferença quando o assunto é poluição sonora. 

4 –  Fácil manutenção

As plantas usadas nos projetos de jardins verticais, normalmente, contam com maior resistência. Essa característica é pensada justamente para garantir que a inclusão de fachadas verdes traga apenas benefícios e não mais uma obrigação que precisa de cuidado e atenção constante.  Dessa forma, atividades que poderiam consumir o tempo dos moradores como, regagem, remoção de folhas velhas e de cascas não precisam ser realizadas com tanta frequência.

Para atingir esse objetivo, os profissionais envolvidos nesse tipo de trabalho usam plantas escolhidas a dedo, não apenas para garantir beleza e diversidade para a fachada, mas também facilidades.

Exemplos de plantas mais usadas em jardins verticais:

  • Russélia
  • Jiboia
  • Flor-de-maio
  • Samambaia
  • Singônio

5 – A vida em meio ao concreto 

A instalação de uma fachada verde é capaz de trazer vida para qualquer ambiente. A presença das plantas se destaca em meio a sobriedade vista na maioria dos espaços encontrados nos grandes centros urbanos e transforma todo cantinho em um ambiente cheio de vida.

6 – Defesa contra a ação do tempo

No caso de grandes fachadas verdes, localizadas na área externa, a presença das plantas ajuda a proteger a construção da ação do clima, do sol e da chuva. A vegetação consegue evitar a necessidade de renovação constante dessas edificações, gerando a diminuição dos gastos envolvidos em reformas e pinturas.

7 – Espaços sustentáveis 

Ao inserir um arranjo verde, repleto de vida mesmo sendo simples, o morador está contribuindo para a criação de um espaço sustentável. Promover este tipo de mudança no momento atual, que valoriza tanto a dedicação a atividades que em nada conversam com o verde, é fomentar uma maior ligação do urbano com a natureza, um passo mais do que necessário para o nosso futuro. Excelente forma de nadar contra a corrente, né?

Depois de descobrir todos os benefícios de ter uma fachada verde em casa fica difícil não desejar uma. Nós queremos saber se esse artigo te ajudou a tomar uma decisão acerca dessa mudança no seu imóvel, então antes de sair da página deixe o seu comentário. 

(Visited 12 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *